segunda-feira, 6 de abril de 2009

Mar adentro - Caminha


A frota Caminhense

Navios em Caminha - Postal ilustrado

Neste magnífico postal de Caminha, encontramos dois navios (uma escuna e um palhabote), que por força das circunstâncias são difíceis de identificar. No entanto estou tentado a arriscar que a escuna possa ser a abaixo referida "Laboriosa", enquanto que o palhabote efectua uma escala ocasional no porto. Isto como sempre, salvo melhor opinião.

Lugre " Valladares "
1900 - 1903

Armador : José Maria Valladares, Caminha
----------------
Nº Oficial : n/s > Iic.: H.G.R.S. > Registo : Caminha
Construtor : António Dias dos Santos, Caminha, 1899
Tonelagens : Tab 267,49 to > Tal 254,12 to
Comprimentos : Pp 34,56 mt > Boca 8,15 mt > Pontal 3,53 mt
Máquina : Não tinha motor auxiliar
Capitães embarcados : Secundino José Monteiro (1900 a 1903)
O navio foi vendido a M.M. Rato & Filho, Lda., de Lisboa, mantendo-lhe o nome, mas alterando o registo para a capital, em 1903. Ainda neste ano, o navio foi comprado pela Companhia Portuguesa de Pesca Lusitânia, da Figueira da Foz. Antes da alteração do registo para a Figueira, que teve lugar em 1906, o navio continuou matriculado por dois anos em Lisboa, com o nome " Leopoldina ". Navegou até 1947.

Patacho " Valladares "
1901 - 1906

Armador : José Maria Valladares, Caminha
----------------
Nº Oficial : n/s > Iic.: H.G.R.V. > Registo : Caminha
Cttor.: Antº Dias Santos, Fão, lançado à água 29.08.1901
Tonelagens : Tab 166,93 to > Tal 158,00 to
Comprimentos : Pp 27,25 mt > Boca 6,50 mt > Pontal 2,80 mt
Máquina : Não tinha motor auxiliar
Capitães embarcados : José Pinho das Neves (1901 a 1906)
Este navio afundou-se ao largo de Lagos, no Algarve, por ter sido abalroado pelo cruzador Inglês "Good Hope", em Fevereiro de 1906.

Escuna " Laboriosa "
1917 - 1919

Armador : Braz J. Giestal e Antónia Giestal Gonzalez, Caminha
----------------
Nº Oficial : 8 > Iic.: H.L.A.B. > Registo : Caminha
Construtor : E. Capon, Fécamp, França, 1902
ex "Le Laborieux", Vve. P. Tougard, L'Averbrach, 1902-1917
Tonelagens : Tab 195,45 to > Tal 163,95 to
Comprimentos : Pp 29,04 mt > Boca 8,26 mt > Pontal 3,50 mt
Máquina : Não tinha motor auxiliar
Capitães embarcados : -?-
O navio foi vendido a Daniel José Machado, de Viana do Castelo, tendo-lhe alterado a matricula para a praça de Viana, em 1919.

Lugre " Rio Minho "
1921 - 1929

Armador : Francisco Odorico Dantas Carneiro, Caminha
----------------
Nº Oficial : 12 > Iic.: H.R.I.N. > Registo : Caminha
Cttor.: Manuel F. Rodrigues, Caminha, bota-abaixo 17.10.1921
Tonelagens : Tab 223,44 to > Tal 172,53 to
Comprimentos : Pp 35,10 mt > Boca 8,82 mt > Pontal 4,20 mt
Máquina : Não tinha motor auxiliar
Capitães embarcados : Manuel Pereira Ramalheira (1922), João Magano (1923) e José Gonçalves Leite (1924 a 1928)
O navio foi vendido a Silva Rios, Lda., do Porto, que lhe alterou o registo para o Porto e muda o nome para "Silva Rios". Apesar da remodelação feita após a compra, o lugre naufragou devido a incêndio no Banco S. Pedro (44º27'N 50º14'W), Terra Nova, a 20.07.1930. A tripulação foi parte resgatada pelo lugre Francês "Capitaine Huele" e os restantes nas embarcações de bordo.

Sem comentários:

Publicar um comentário